Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sandra.wink.wink

Sandra.wink.wink

Todas as pessoas deviam de tirar um curso para aprender a pensar.

clickbait.jpg

 

 

E porquê? Porque aprendiam a pensar, a tirar as próprias conclusões, a filtrar as opiniões dos outros e formar as próprias. Hoje em dia anda tudo como uns robôs, quanto menos fizer melhor, quanto menos ler melhor.

Num mundo cada vez mais interligado, onde estamos tão longe e tão perto e onde o clickBait está cada vez mais autorizado, as pessoas perdem-se. Perdem a noção do bom senso, a noção de integridade, educação e respeito. 

Cansa

Alfabeto Literário. The End.

20583990_EZOKf.jpg

 E já acabou, umas quantas semanas a pensar sobre os livros que já lemos, os que gostaríamos de ler e ainda conhecer outros que não sabíamos que existia. Muito engraçado a forma como nos obriga a pensar em pormenores que normalmente não prestamos atenção.

 

Agradeço á Magda por ter lançado o desafio, foi mesmo uma boa ideia. Da parte da Magda eu já sabia que ia recolher informações valiosas!

A Maria João Covas perdeu-se lá pelo meio da tag, mas não faz mal, tem sempre umas opiniões sobre os livros que são boas de ler.

A Sofia Gonçalves tem um blog muito giro e animado e faz sempre uns comentários pertinentes que eu adorei.

A Mula, um blog que eu já conhecia e gostava, muito bem escrito e com um design fantástico, já te disse que gosto muito das tuas fotos?

Alexandra, sim podia ter mais letras. A Alexandra escreve com um sarcasmo delicioso, adoro.

A Drama Queen, tem muito pouco tempo disponível, conseguiu fazer a tag todinha, apreciei o esforço e fiquei fan.

Caracol, já te disse que gosto dos teus textos todinhos? Ás vezes farto-me de rir aqui sozinha!

Gorduchita sempre amável e atenta, fiquei fan do blog e da autora.

Bomboca, espero que a faculdade esteja a correr 5 estrelas e cá estou para ler as peripécias!

Princesa Sofia também se perdeu um bocadinho nas tags, gostei de ler sobre as suas leituras.

A Just Smile está quase a entrar numa nova etapa da vida, um blog que me cativou, gosto da escrita, dos temas e do design. Felicidades Just, ainda tenho esperança de ver uns sapatinhos vermelhos!

Happy espero que esteja tudo a correr bem lá pelas Índias. é um blog fresco, tem sempre muito que ler. Gostei.

Carla B tem cerca de 300 livros por ler, ai rapariga! Mais um blog para reter e seguir.

Oh Fátima Bento, fiquei com lágrimas nos olhos por causa do bebé, é o meu ponto fraco, se pudesse metia todos os gatos vadios em casa! A Fátima tem um blog que vou lendo e gosto, muitos assuntos pertinentes.

 

A todas um grande beijinho e obrigada pela partilha e comentários.

Não gosto de legumes, de fruta ....nem de vinagre.

850_400_sauteed-vegetables_1497023013.jpg

 

Não gosto de legumes, de fruta, nem de vinagre, oh que pecado!

Não é bem bem assim, faço refogados em casa e uso regularmente alho no tempero, cozo o bacalhau com as batatas, a couve flor e os brócolos na mesma água e não me faz confusão. cozinho bifes de cebolada ou um belo pargo no forno com legumes e não é por isso que deixo de comer os bifes ou o peixe.

O que eu não gosto mesmo é de legumes crus, como a salada. Sabem aquele cheiro que fica no ar depois da relva ser cortada? Pois, uma salada para mim é isso, cheira e sabe a verde! a relva. Morder um legume é ofender as minhas papilas gustativas, um sabor e textura esquisito que me enoja e provoca caimbras no estômago.

Com o vinagre a mesma coisa, o cheiro para mim é horrível, fico mal disposta. Se como alguma coisa que já esteve em contacto com vinagre, enche-me a boca de picadas de agulhas e saliva extra e estraga todo o sabor das garfadas seguintes.

Sempre fui assim. E sempre fui penalizada por isso. Como se fosse um pecado. Em refeições de família é uma chatice porque têm sempre que ter em atenção a este meu gosto e eu sinto-me mal por dar trabalho extra. Em casa, o meu marido e os meus filhos têm que ter cuidado quando se servem da salada, porque se cai um pingo nos outros alimentos, eu já não como. Ou seja uma ave rara que não gosta de coisas tão boas!

vinagre-maca-organico.jpg

 

 

Mas se em casa eu consigo contornar esta minha...debilidade, o mesmo já não acontece quando vou comer fora. As fitas nos restaurantes e hamburguerias foram tantas que eu e o meu marido desistimos de tentar ir comer a algum lado.  É complicado chegar a um restaurante e pedir a salada a parte ou mesmo pedir sem salada no prato, e mesmo que consiga que não me ponham salada no prato, tenho sempre que levar com os pickles, os bem ditos dos pickles que não acrescentam nada e empestam tudo com o belo do vinagre.

Hamburgers? naaannnn um hambúrguer sem molhos e sem salada é o mesmo que pedir que me resolvam um problema matemático. Casa com tapas ou entradas legumes free não existe, o que é uma pena.

Lembro-me uma vez que após o pedido de sem salada, o prato vem com a salada, explico que não gosto nem da salada nem do molho e peço que façam novo prato. O que aquele restaurante fez? A empregada chega a cozinha tira a salada e devolve-me o prato, claro cheio do molho de vinagre da salada! Uma falta de respeito para com o cliente. Cenas destas muito comuns nas minhas tentativas de ter jantares românticos. Desistimos.

 

Sou única? é assim um pedido tão estrambólico ? 

 

Por causa desta minha "mania" acabamos por não ir fazer nenhuma refeição fora, para não nos chatear-mos e estou mesmo farta.

 

Z - Zzzz...Qual o último livro que te manteve acordada até tarde?

filhos da droga.jpg

critica da razao.png

 

 

Para além dos filhos da droga, que li de noite e ás escondidas dos pais, porque era proibido. E do Kant que li todo, á conta de uma aposta com um professor de filosofia, não deixei que mais nenhum livro me mantivesse acordada. Talvez nas férias, mas isso éra porque podia!

Beijinhos a todas as meninas que me acompanharam neste alfabeto, e que leram todos estes meus disparates!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2ª Edição Blogs do Ano

 

blog ano entretenhimento.jpg

 

 

Este ano, mais uma edição dos blogs do ano, com muitas caras repetidas. Andei á procura do tema que engloba os livros. Temos a categoria de educação, que não me parece o mais indicado porque leio como forma de entretenimento. A categoria entretenimento, fala em filmes, humor, celebridades ( anh?) mas em livros nada. Os meus queridos livros não vêm referenciados em nenhuma categoria, e há muitos blogs por ai sobre o assunto. Porque será?

 

 

entretenimento.jpg

 

Vou opinar! Pelo que sei os blogs são propostos e depois dessa lista é escolhido pelo juri os de melhor qualidade. Será que ninguem propôs nenhum blog sobre livros, ou foi proposto e o juri não achou a qualidade suficiente? 

É uma lacuna nesta votação e uma pena que não se dê a conhecer tanta coisa boa que se escreve por ai.

 

 

blogs do ano.jpg

 

Estive numa mesa de voto, e...

Urna-de-voto.jpg

 

Pois foi, estive no domingo passado numa mesa de voto e.... Adorei!

Todas as pessoas deviam de passar por esta experiência, é diferente estar do outro lado da mesa. Tirei algumas conclusões, umas sem surpresa outras não.

Percebi (mas isto eu já sabia) que isto na política tem todo o tipo de pessoas, boas, más, que olham para o umbigo e outras que carregam o peso dos outros ás costas.

Tive medo de calhar numa mesa com pessoas complicadas, daquelas picuinhas, tive medo de armar a confusão com o livro de eleitores, tive medo de, enfim, fazer asneira. Mas não, as pessoas da minha mesa são todas 5 estrelas, nada de complicações, tudo muito correcto, se eu não sabia, explicaram, todas muito simpáticas e disponíveis.

Uma das coisas que acordámos logo de manhã, era que, a nossa função nesse dia, para além de garantir o processo de voto de maneira correcta, era a de ajudar as pessoas. Eu não tinha ideia de quantas pessoas se dirigem ás mesas de voto sem o número de eleitor. Em tempos existia um cartão, que depois foi substituído por uma carta. Tantas e tantas pessoas que se dirigiram a nós com o cartão antigo!

Ora, os cadernos estão pela ordem do número de eleitor e não por ordem alfabética, ou seja procurar alguém pelo nome é o mesmo que agulha em palheiro. Um dos meus colegas já perguntava: Se não tem o número de eleitor então como sabe que vota nesta secção? A resposta era sempre uma de duas. Ou respondiam que sempre votaram ali ou então que tinham lido na sms, sim a bela da sms. Esta sms está disponível para quem não sabe onde vota e necessita da informação actualizada, envia-se com o número do cartão do cidadão ou Bi e data de nascimento e voilá, a resposta vinha com o número de eleitor, local de voto e número de mesa. Achei engraçado o pessoal a mostrar o telemóvel para vermos o número de eleitor. Quem não sabia mesmo recebia a nossa ajuda com disponibilidade e simpatia.

Já noutras mesas de voto não se pode dizer o mesmo. Sabem aquele vizinho que depois de se tornar responsável pela administração do condomínio do prédio, se transforma num monstro arrogante? Pois foi isso que achei de algumas pessoas que estavam nas mesas de voto, uns arrogantes parvos para as pessoas.

Presenciei algumas pérolas.

A menina que sai do biombo com os votos por dobrar, é-lhe pedido para voltar e dobrar os boletins, porque o voto é secreto. Quando vai entregar os votos é lhe dito: -pode colocar na urna. A menina responde: -Então tenho que dobrar os papeis e ainda tenho que os por aqui dentro?!  Uma pessoa fica a modos que sem palavras...

Duas velhinhas, uma vai a ajudar a outra que anda de bengala, vão as duas para trás do biombo e uma está a explicar á outra as propostas de cada um.....até que alguém se apercebe e vai lá explicar.

Um senhor, ó menina, eu já votei de manhã, mas acho que me enganei, não posso ver? annhhhh? what?

 

Foi giro, foi enriquecedor, cheguei a uma conclusão.....para quando voto electrónico para todos?

 

 

 

 

 

 

Y - Y.A. ou livros adultos

postagemya.png

 

 

Não fazia ideia dos livros que actualmente são classificados como Y.A. Fiquei parva! O Deus das Moscas? please.

É claro que concordo que deva existir um meio termo entre Jovens e adultos, mas não posso concordar com esta nova definição, cheguei á conclusão que a nivel de leituras sou uma y.a de 46 anos.

Descobri aqui texto sobre este assunto. Parece-me um bocado, bla bla wiskas saquetas, conversa demasiado generalizada. 

 

 

Sandra.wink.wink

 

X - X marca o lugar. Qual é o 24º livro da tua estante?

grabinski_portugal_web.jpg

 

Um livro de contos de um escritor polaco, Stefan Grabinski 1887-1936. Um senhor com umas ideia muito á frente da sua época, podem ler mais sobre este autor Aquiaqui

 

 

 

 

 

 

W - Wishlist literária. Qual o último livro que adicionou à tua wishlist?

A Gorda K 2 3D.jpg

 

É um tema que me atinge, só por isso torci o nariz, mas depois, ao longo desta tag as opiniões foram a favor. Fui ler sobre a autora, escreve sobre uma ferida ainda aberta em Portugal, a questão dos retornados, um tema sobre o qual gosto de ler. Gostei do percurso desta senhora. E vou ler a gorda.

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Instagram

Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D